Título

Subtítulo

Padrão oficial da raça Lulu da Pomerânia - FCI nº 097

 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA 

 

GRUPO 5 

 

Padrão FCI 097

05/03/1998

 

Padrão Oficial da Raça

 

SPITZ ALEMÃO

DEUTSCHER SPITZ

 

Inclusive o KEESHOND e o POMERÂNIA 

 

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA

Filiada à Fédération Cynologique Internationale

 

Classificação F.C.I.:

Grupo 5                                    - Spitz e Tipos Primitivos

Seção 4                                     - Spitz Europeus

 

Padrão FCI nº 97                     - 05 de março de 1998.

 

País de origem:                         Alemanha

Nome no país de origem:        Deutscher Spitz

Utilização:                                  Cão de guarda e companhia

                                                     sem prova de trabalho 

 

Sergio Meira Lopes de Castro

Presidente da CBKC

 

Domingos Josué Cruz Setta

Presidente do Conselho Cinotécnico 

 

Tradução: Suzanne Blum

 

Impresso em: 27 de setembro de 2007. 

 

SPITZ ALEMÃO, inclusive o

KEESHOND e o POMERÂNIA.

RESUMO HISTÓRICO: os Spitz Alemães são descendentes dos cães da Idade da Pedra: << Peat dogs >> (Torfhund) << Canis familiaris palustris Rüthimeyer >> e mais tarde o Lake Dweller’s (Pfahlbau) Spitz; são as raças mais antigas da Europa Central. Muitas outras raças foram criadas a partir delas. Nos países de línguas não germânicas. Os Wolfsspitz são conhecidos como Keeshond e o Spitz Anão como Pomerânia. 

APARÊNCIA GERAL: os Spitz cativam pela beleza de sua pelagem, feita por um abundante subpêlo. Particularmente impressionante é o forte tipo de juba ao redor do pescoço (ruff) e a cauda com pelagem compacta e emplumada, portada, atrevidamente sobre o dorso. A cabeça de raposa com olhos alertas e as pequenas orelhas pontudas, inseridas próximas uma da outra, dão ao Spitz uma característica única: uma aparência atrevida. 

PROPORÇÕES IMPORTANTES: a relação entre a altura na cernelha para o comprimento do corpo é de 1:1. 

COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: o Spitz Alemão está sempre atento, esperto e é excepcionalmente devotado ao seu dono. É muito dócil e fácil de ser treinado. Sua desconfiança com estranhos e sua ausência de instinto de caça fazem dele um cão de guarda ideal para casas e fazendas. Indiferente às intempéries, robustez e longevidade são seus atributos mais importantes. 

CABEÇA

REGIÃO CRANIANA: cabeça de tamanho médio; vista de cima parece mais larga em sua parte posterior e diminui, em forma de cunha, até a ponta do nariz. 

Stop: moderado a marcado, nunca abrupto. 

REGIÃO FACIAL

Trufa: redonda, pequena e de cor preto puro; marrom escuro em Spitz marrons. 

Focinho: não muito longo e harmoniosamente proporcionado ao crânio. (No Wolfspitz/Keeshond (Spitz Lobo), nos Spitz grande e médios, a relação entre o comprimento do focinho para o do crânio é de aproximadamente 2:3; no Spitz pequeno e no Spitz anão é de aproximadamente 2:4). 

Lábios: não são exagerados, bem aderentes ao maxilar e não formam nenhuma ruga nas comissuras labiais. São inteiramente pretos nos Spitz de todas as cores; marrons nos Spitz marrons. 

Maxilares / Dentes: os maxilares são normalmente desenvolvidos e mostram uma completa mordedura em tesoura, com 42 dentes correspondendo à fórmula dentária. Nos Spitz miniatura e anão (Pomerânia) a falta de alguns pré-molares é tolerada. Mordedura em torquês é permitida em todas as variedades de Spitz. 

Bochechas: são delicadamente arredondadas, sem serem protuberantes. 

Olhos: de tamanho médio, de forma alongada e ligeiramente oblíquos e escuros. As pálpebras são pretas em todas as tonalidades de cores; menos nos Spitz marrons onde elas são de cor marrom. 

Orelhas: pequenas, inseridas altas e relativamente próximas uma da outra, triangulares e pontudas. Elas são sempre portadas eretas, rígidas na ponta. 

PESCOÇO: de comprimento médio, é largo na inserção entre os ombros; ligeiramente arqueado, sem barbelas e coberto por uma pelagem espessa e profusa que forma uma grande juba. 

TRONCO

Linha superior : começa na ponta das orelhas portadas eretas e prolonga­se numa suave curva com o dorso curto e reto. A cauda espessa, vasta, que parcialmente cobre o dorso, arredonda a silhueta. 

Cernelha / Dorso: a cernelha alta desce imperceptivelmente dentro do dorso o mais curto possível, reto e firme. 

Lombo: curto, largo e forte. 

Garupa: larga e curta, sem ser caída. 

Peito: profundo e bem arqueado; o antepeito bem desenvolvido. 

Linha inferior : a caixa torácica alcança o mais profundo possível; o ventre tem somente um ligeiro esgalgamento. 

CAUDA: inserida alta e de tamanho médio. Projeta-se para cima e curva-se sobre o dorso, reta desde a raiz. Deita-se firmemente sobre o dorso e é coberto por uma pelagem bem emplumada. Uma curva dupla na ponta da cauda é permitida. 

MEMBROS 

Anteriores

Geral: retos, com a frente mais larga. 

Ombros: a escápula é longa e bem colocada para trás. O braço, que é aproximadamente do mesmo comprimento, forma um ângulo de 90° com a escápula. Bem musculosos e firmemente conectados ao tórax. 

Cotovelos: articulação forte, próximos ao tórax e não virando nem para dentro nem para fora. 

Antebraços: de comprimento médio em relação ao corpo; fortes e completamente retos. A parte de trás do antebraço é bem franjada. 

Metacarpos: fortes, de comprimento médio e forma com o antebraço um ângulo de 20° com a vertical. 

Patas anteriores: tão pequenas quanto possível, redondas e fechadas, chamadas “pés de gato” com dedos bem arqueados. Unhas e almofadas são pretas em todas as variedades de cores, contudo são de cor marrom escuro nos cães marrons. 

Posteriores

Gerais: os posteriores são muito musculosos e abundantemente franjados até os jarretes. As pernas posteriores são retas e paralelas.

Coxas e Pernas: são aproximadamente do mesmo tamanho. 

Joelhos: de articulação forte, com uma angulação somente moderada; em movimento, não viram nem para dentro nem para fora. 

Metatarsos (Jarretes): de comprimento médio, muito fortes e verticais ao solo. 

Patas posteriores: tão pequenas quanto possíveis, bem fechadas com dedos bem arqueados, chamadas “pés de gato”. As almofadas são resistentes. A cor das unhas e das almofadas são tão escuras quanto possível. 

MOVIMENTAÇÃO: move se reto, para a frente com boa propulsão, fluente e elástica. 

PELE: a pele cobre o corpo firmemente sem nenhuma ruga. 

PELAGEM: o Spitz Alemão tem uma pelagem dupla: o pêlo externo é longo, reto e separado; o subpêlo é curto, grosso e lanoso. Cabeça, orelhas, parte da frente dos membros anteriores e posteriores e as patas são cobertos por pêlos curtos e espessos (aveludados). O resto do corpo tem uma pelagem rica e longa. Não ondulada, crespa ou encordoada e nem repartida no dorso. Pescoço e ombros são cobertos por uma abundante juba. A parte posterior dos membros anteriores é bem franjada, as pernas posteriores têm franjas abundantes da garupa até o jarrete. A cauda é espessa. 

COR

a) Wolfspitz / Keeshond (Spitz Lobo): cinza sombreado.

b) Spitz grande: preto, marrom e branco.

c) Spitz médio: preto, marrom, branco, laranja, cinza sombreado, outras cores.

d) Spitz pequeno: preto, marrom, branco, laranja, cinza sombreado, outras cores.

e) Spitz anão (Pomerânia): preto, marrom, branco, laranja, cinza prateado, outras

cores. 

Spitz preto: o subpêlo e a pele devem ser pretos também e a pelagem de cobertura deve ser um preto brilhante sem nenhuma marca branca ou de outra cor. 

Spitz marrom: deve ser uniformemente marrom escuro. 

Spitz branco: deve ser branco puro sem nenhuma sombra de amarelo em particular, que muitas vezes aparece, especialmente nas orelhas. 

Spitz laranja: deve ser uniformemente de cor laranja sólido no corpo todo. 

Spitz sombreado de cinza / Keeshond (Spitz Lobo): o sombreado cinza é um cinza prateado com as pontas dos pêlos pretas. Focinho e orelhas de cor escura, ao redor dos olhos o sombreado é bem definido, como óculos revelados por delicadas pinceladas de linhas pretas partindo do canto externo dos olhos para o canto mais baixo da orelha, junto com marcas definidas e sombreadas formando uma expressiva sobrancelha; uma juba e um colar sobre os ombros mais claro; anteriores e posteriores sem nenhuma marca preta sob os cotovelos ou joelhos, exceto por ligeiras pinceladas pretas nos dedos; ponta da cauda preta; abaixo da cauda (face ventral) da cauda e culotes em cinza prateado pálido. 

Outras cores de Spitz: o termo “outras cores” cobre todos as nuanças de cor, como: creme, creme areia, laranja areia, preto e fogo e particolor (tendo o branco como cor dominante). As marcas pretas, marrons, cinzas ou laranjas devem ser distribuídas sobre o corpo inteiro.

 

TAMANHO / PESO:

Wolfspitz / Keeshond (Spitz Lobo): 49 cm +/- 6 cm.

Spitz Grande:                                        46 cm +/- 4 cm.

Spitz Médio:                                          34 cm +/- 4 cm.

Spitz Pequeno:                                      26 cm +/- 3 cm.

Spitz Anão / Pomerânia:                      20 cm +/- 2 cm.

Cães abaixo de 18 cm são indesejáveis 

Peso: cada variedade de Spitz Alemão deverá ter um peso de acordo com seu tamanho.  

FALTA: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade. 

FALTAS GRAVES

• faltas na estrutura.

• cabeça muito plana; distinta cabeça de maçã.

• trufa, pálpebras e lábios cor de carne.

• no Wolfspitz/Keeshond (Spitz Lobo), Spitz grande e médio, ausência de dentes.

• faltas na movimentação.

• nos Spitz sombreados de cinza, falta das marcas características nas faces. 

FALTAS ELIMINATÓRIAS

• agressividade ou timidez excessiva.

• fontanela (moleira) aberta.

• prognatismo superior ou inferior.

• entrópio ou ectrópio.

• orelhas semi-eretas.

• manchas brancas definitivas em todos os Spitz não brancos. 

NOTAS:

• os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem descidos acomodados na bolsa escrotal.

 Fonte: CBKC

Visite-nos no Facebook

Participe do Blog - Pergunte

Veja as Fotos

Veja os Videos

6121 views - 1 comment
4409 views - 1 comment
4064 views - 3 comments

 


Newest Members